Aprenda a não ser machista

0
2

Utilidade pública pra mim os homens e porque não dizer para algumas mulheres também. Nunca é tarde para aprender, para perceber que coisas que são consideradas normais” em nossa sociedade, não são tão normais assim. É necessário desconstruir certas ideias, precisamos evoluir nosso pensamento e aprender a viver e criar uma sociedade justa e igualitária.

20 coisas que os homens podem fazer para não serem machistas

  1. Pense duas vezes antes de chamar uma mulher de louca só porque vocês têm pontos de vista diferentes. Esse tipo de violência emocional tem nome: é o gaslighting, manipulação que leva a mulher e todos ao seu redor acharem que ela enlouqueceu ou que é incapaz.
  1. Preste atenção para não reproduzir “no automático” a piada de tiozão machista para o pai de alguma menina: “de consumidor vai passar a ser fornecedor, hein?” Também não fale “essa é tão bonita, vai dar um trabalho…” sobre alguma criança ou uma adolescente.
  1. Dê aquele toque nos amigos quando você vir que mandaram um nude vazado no grupo do WhatsApp. Dê aquele toque nos amigos quando você vir que mandaram um nude vazado no grupo do WhatsApp. Além de ser crime, pessoas sofrem, ficam doentes, têm vidas arrasadas e se matam por causa dessas imagens.
  1. Tire o verbo “ajudar” quando se referir às tarefas de casa. A casa não é sua também?
  1. Pense na melhor maneira de repreender alguém que fizer uma piada machista. Não é porque está disfarçado de humor que deixa de ser machismo.
  1. Pare de julgar a mulher que gosta de pornografia. Muita gente curte. Homens e mulheres. E sabe o que isso diz sobre o caráter destas pessoas? Absolutamente nada.
  1. Violência contra mulher não tem “mas…”. “Mas ela estava com roupas curtas”, “mas ela provocou” ou “mas a culpa foi dela que colocou um cara desses dentro de casa”.
  1. JAMAIS diga que alguma mulher está nervosa por “falta de rola” ou por “estar de TPM”.
  1. Conteste o pensamento “essa é pra casar” e “essa é só para passar a noite”. Julgar alguém pelo comportamento sexual que você acha que ela tem nunca é correto, afinal, qualquer defeito que ela tenha não é consequência de como ou o quanto ela transa. O que significa “mulher para casar”, afinal de contas?
  1. Não é legal usar, nem de brincadeira, o termo “feminazi”. Mesmo que algumas pessoas preguem a apropriação do termo.
  1. A sua experiência de relacionamento que não deu certo não se aplica a todas as mulheres do mundo. Sua ex pode ter errado (todos nós erramos), mas isso não significa que os erros sejam um padrão de todas as mulheres ou que eles existam por ela ser mulher.
  1. Pare de cagar regra sobre as roupas e maquiagem das mulheres. Isso significa não sair dizendo que “prefere que a mulher use menos maquiagem” ou “só precisa emagrecer alguns quilos”.
  1. Tente se policiar para não usar a frase “ah, mas mulher já viu, né” ou outras que generalizem o comportamento feminino.
  1. Basta pensar por um minuto para entender que a mulher não é “a maior” responsável por uma gravidez indesejada. Use seus conhecimentos avançados em biologia.
  1. Não se comporte como um cara traído se sua ex ficar com alguém depois do fim do relacionamento de vocês. Isso é tratar a mulher em questão como uma posse e isso não é nada legal.
  1. Feminismo não tem nada a ver com depilação. E mesmo se tivesse, você não teria nada a ver com isso.
  1. Lembre-se de que existem várias formas de compreender os limites da pessoa na cama. Nem todas as mulheres gostam da mesma coisa. Tudo precisa ser acordado.
  1. Não deixe que sua insegurança te transforme em um opressor. Muitas vezes as inseguranças viram controle, ciúme e um monte de outras coisas ruins.
  1. Atitudes pró-feminismo na vida real podem ser melhores do que entrar em debates sobre o assunto na internet. Discutir no Facebook todo mundo sabe, debater o assunto com o amigo que “acha que a mina mereceu” é outra história. E faz muita diferença.
  1. E entenda, de uma vez por todas, que ninguém mata ou bate em alguém por amor. Amor é só coisa boa, gente.
Autores: Alexandre Orrico e Manuela Barem

Deixe uma resposta