voce-e-narcisista

O narcisismo é uma característica cada vez mais comum. Estima-se que 6,2% da população tenha um distúrbio de personalidade narcisista, mas a figura é ainda maior se nos referimos apenas ao narcisismo como um traço de personalidade acentuada. Lidar com um narcisista muitas vezes é muito complicado porque esta pessoa pode tornar-se muito egocêntrica, egoísta e manipuladora.

O problema é que o narcisista tem um sentido exagerado de “eu”, geralmente é vã e pensa que ele é superior, pensa que outros devem prestar homenagem e ficarão chateados se não o fizerem. É por isso que aqueles que têm um parceiro ou uma mãe narcisista acabam mantendo uma relação tóxica na qual eles apenas se doam e se sacrificam, enquanto o outro só recebe e pede mais e mais.

Saiba mais: Transtorno de personalidade narcisista: sintomas, causas e tratamento

Como reconhecer uma pessoa narcisista?

– Critica ou rebaixa os outros constantemente porque acreditam que os outros são inferiores. A pessoa narcisista acredita que ele é superior aos outros, por isso desvaloriza o trabalho e o esforço dos outros continuamente para estarem em melhor posição.

– Ele pensa que o mundo gira em torno dele, isso porque eles têm uma perspectiva egocêntrica da vida. Esta pessoa se concentra em suas necessidades e desejos, por isso eles tendem a ser bastante insensíveis aos outros e sempre tentarão ser o centro das atenções.

– No início, pode parecer encantador, porque geralmente tem uma personalidade sedutora e confiante, que atrai os outros, até descobrir que é realmente uma pessoa muito egoísta.

– Ele acha que tem a verdade em sua mão, então geralmente desenvolve uma atitude de superioridade intelectual que chega a ser muito incomoda. A pessoa narcisista acredita que sabe tudo e que os outros estão errados.

– Ele assume uma atitude intransigente, quase nunca está disposto a ceder aos pedidos e às necessidades dos outros, especialmente se isso implica que ele deve fazer alguma concessão pessoal.

– Ele não conhece a palavra “humildade”, então ele costuma alimentar metas que são tão altas que se limitam ao irracional.

– Vangloria-se de si mesmo, suas habilidades, profissão ou estilo de vida. A pessoa com personalidade narcisista é responsável por fazer os outros verem que ele é melhor em tudo.

– Ele não aceita críticas e pode reagir de forma muito agressiva porque sente que seu ego está sendo atacado

Felizmente, os narcisistas “natos” geralmente são fáceis de detectar, embora também existem o que podemos chamar de “narcisistas secretos”, que à primeira vista parecem humildes, inocentes e caridosos. Sob essa máscara “sensível” esconde o desprezo e um sentimento de superioridade que é muito mais difícil de detectar, então lidar com esses narcisistas geralmente é mais complicado, porque de repente você se tornará vítima da situação.

No entanto, ambos os tipos de personalidade narcisista compartilham o mesmo perfil de abuso psicológico e seu objetivo: diminuir, humilhar e sabotar suas vítimas, que acabam submetendo-se a violência psicológica que os destruí emocionalmente.

Como lidar com um narcisista sem perder o equilíbrio emocional?

Para saber como tratar um narcisista, é essencial ter um conhecimento profundo de suas técnicas de manipulação.

1. Mistura de humilhação, dupla intenção e linguagem de código

Quando uma pessoa narcisista sente que sua inteligência, conquistas ou aparência estão sendo ameaçadas, ele atacará o outro sem hesitação. Seu objetivo é baixar a vítima do pedestal. Pode fazê-lo através de um elogio seguido de uma “bofetada” emocional, ou vice-versa. Por exemplo, ele pode nos dizer o quão bem nós fazemos alguma coisa e depois salientar o quão mal fazemos outra coisa com objetivo de fazer com que nos sintamos pra baixo.

Ele também pode recorrer ao sarcasmo ou dar um tom condescendente a elogios, como se a pessoa realmente não o merecesse.

Obviamente, a crítica sempre será direcionado para um dos nossos pontos sensíveis. Com esta estratégia, a pessoa narcisista transforma seu ataque em uma verdade legítima, forçando a vítima a aprovar e validar suas ideias. Se não o fizermos e reagíamos atacando-o, ele se tornará imediatamente a vítima e seremos o “cara mau”.

Esta técnica é conhecida como gaslighting (forma de abuso psicológico) e é baseada em uma série de jogos mentais sutis que se limitam ao ambíguo, para minar a confiança da vítima em sua própria realidade e sensação de si mesmo. Como resultado desta estratégia, a vítima muitas vezes se confunde e não entende muito bem o que aconteceu.

Saiba mais: Gaslighting: pessoas que controlam sua vida semeando dúvidas

O mais usual é que tentamos reduzir a dissonância cognitiva e a confusão escolhendo “acreditar” na versão do narcisista. O problema é que pouco a pouco essas humilhações encobertas, mensagens codificadas e comentários ambíguos estão integrados em uma realidade deformada com a qual a pessoa narcisista domina sua vítima.

Como lidar com esse narcisista?

Mantenha suas emoções sob controle. Quando a pessoa narcisista te critica, tente não reagir, porque quanto mais você se envolver emocionalmente, mais você ficará à sua mercê porque ele entenderá qual é seu ponto fraco e não hesitará em atacá-lo novamente nesse mesmo ponto no futuro.

Se a pessoa narcisista diz algo usando um código de linguagem, lança sugestões ou tenta distorcer a realidade, peça-lhe que seja mais claro, porque você não está entendendo o que ele quer dizer. Desta forma, você desarmará sua estratégia de submissão e humilhação indireta.

mae-narcisista-e-filha

2. Labilidade

Labilidade significa passar de um estado para outro frequentemente. Nesse caso entre humilhar e elogiar. Quem tiver uma personalidade narcisista fará todo o possível para humilhar a vítima, mas sem que ela perceba, pelo menos no início. Para conseguir isso, ele recorrerá a todos os tipos de estratégias que disfarçam sua intenção de assumir o controle e subjugar. O resultado dessas táticas de manipulação é que você pode sentir que está caminhando o tempo todo em um campo minado, o que gera uma grande tensão.

A pessoa narcisista pode fazer um comentário ácido sobre sua maneira de ser e no próximo momento irá aliviar o golpe dizendo algo doce sobre você. Essa labilidade tem um objetivo preciso: fazer você se concentrar em seus comportamentos e “defeitos” em vez de analisar o deles, que são os que representam o problema real. Desta forma, você acabará se culpando se o relacionamento der errado.

Na verdade, você notará que a pessoa narcisista modifica abruptamente o assunto quando cai no chão. Quando você critica algo, ele dirá frases como: “Não vou discutir com você” ou “Não vale a pena continuar falando”. A verdade é que não importa o que você faz porque o narcisista nunca ficará satisfeito e não está disposto a assumir a responsabilidade.

Como lidar com esse narcisista?

É essencial que fique fiel ao que você pensa e sente, que você observe seus padrões de comportamento de uma atitude objetiva e desapegada. Não olhe para as palavras, mas sobre o seu comportamento. Quando você não se deixa seduzir por suas palavras e elogios, você perceberá que seu comportamento é inconstante e manipulador.

Se você precisa esclarecer um problema, não caia em discussões emocionais, fique com os fatos e não deixe a pessoa narcisista ir ao redor da mata. Redirecione a discussão para o tópico principal.

3. A visão de túnel

A “visão de túnel” é uma estratégia que a pessoa narcisista usa para se concentrar em detalhes irrelevantes ou que não está diretamente relacionada à questão, seja para minimizar algo que você conseguiu ou se eximir de sua responsabilidade. Por exemplo, se você acabou de terminar o mestrado, o narcisista irá parabenizá-lo e imediatamente lhe perguntará quando você pretende fazer o doutorado.

Desta forma, ele minimiza suas realizações e faz você se sentir mal, destacando o que você ainda precisa alcançar ou as coisas negativas que têm no que você já conseguiu. Com esta estratégia, o narcisista faz você restringir seu campo visual, para que você olhe apenas o que ele destaca. É uma técnica muito sutil que pode gerar profunda insatisfação na vítima, você que pode alcançar grandes coisas, mas ele faz você sentir que não é capaz de nada.

Como lidar com esse narcisista?

Não deixe que ele arraste você para sua visão limitada. Aproveite o que conseguiu e enfatize o esforço e as habilidades necessárias para isso. Aprenda a fazer ouvidos surdos quando alguém quer minimizar suas realizações ou fazer você se sentir culpado por algo que ainda não conseguiu ou que você não fez de forma “perfeita”.

Você também pode desmascará-lo, diga-lhe que sua crítica parece excessiva e que você não sente necessidade de impressionar os outros. Se você disser a ele não compartilha da mesma opinião e que não se arrepende de nada e que está satisfeito com o que conseguiu alcançar, a pessoa narcisista entenderá que não pode manipular você emocionalmente.

Como ajudar uma pessoa narcisista?

Finalmente, lembre-se que para lidar com um narcisista sem perder o equilíbrio emocional, não é necessário discutir, basta deixa-lo ciente de que as suas opinões e atitudes não podem vão lhe atingir. Quando a pessoa narcisista perceber que você tem sua autoestima a prova de balas, ele vai deixar de lançar dardos envenenados porque, no final, tudo que ele quer é estabelecer uma relação de dominação emocional, e quando ele perceber que não vai conseguir com você, talvez ele comece a refletir sua forma de agir e, pouco a pouco, ele começará a mudar.

Caso ele seja uma pessoa significativa para você, você pode tentar abordar o problema para que ele entenda que suas atitudes e comportamentos não são adequados. Lembre-se de que, em um relacionamento, nunca há um único culpado, uma vez que os relacionamentos são construídos entre dois. Portanto, evite atacar e recriminar. Em vez disso, explique como suas atitudes e palavras machucam ou fazem você se sentir mal. E diga-lhe o que você gostaria que ele fizesse em seu lugar. Às vezes, o narcisismo é uma forma de se proteger do mundo quando este parece hostil e, para diminuir esses comportamentos é necessário apenas lhes mostrar que os amamos e estimamos, mas que há limites que não devem ser cruzados.

 

SHARE
Coordenador de TI e Psicólogo. Resolveu estudar psicologia porque queria entender melhor a mente das pessoas, e embora tenha se decepcionado um pouco com algumas coisas que apreendeu ainda acredita no poder de amar e evoluir do ser humano. Idealizador do Pensamento Líquido. Apaixonado por filmes de terror, seriados, anime e mangás e livros de aventura. Não dispensa uma boa comida e bebida na companhia de amigos, especialmente se for pra curtir um bom e velho rock n roll.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here