A Culpa É Nossa

Cursos Online na área de Ciências Humanas e Sociais

Aprenda:

A culpa não é do outro.
A culpa é sua!

Talvez, não, inteiramente, sua.
Mas, sem dúvidas, primeiramente, sua.

Ninguém te obriga a nada.

Ninguém te obriga a fazer.
Escolher, errar.
Optar por um caminho e depois querer voltar.

A decisão sempre será tomada por nós.

Pode até ser induzida, atraída, conduzida pelo outro.
Mas somos nós quem decidimos e direcionamos o que escolhemos viver.

Não adianta viver e gozar de algo hoje que, lá na frente, quando acabar, culpemos o outro.

Não damos o mérito na alegria.
Mas jogamos a culpa na frustração.

A culpa é nossa por confiar.
A culpa é nossa por acreditar.
A culpa é nossa por se entregar.
A culpa é nossa por esperar.

Por esperar o que faríamos.
Por achar que serão o que seríamos.

Nós é quem confiamos sem poder.
Nós é quem nos entregamos sem dever.

Nós é quem esperamos o incerto.
E, muitas vezes, acabamos fazendo o incorreto.
Nós é quem depositamos demais naquilo que a gente cria.
Mas, nem sempre, é.

Nós.
Somos nós!

Entramos em histórias por impulso.
Pensamos no agora, ignorando o depois.
A gente quer pagar pra ver.
A gente quer ver o que vai acontecer.

E acontece.
Acontece o que tem que acontecer.
Como tem que ser.

E quando acaba não adianta a gente querer culpar.
Se quer saber, nem a nós mesmos.
Porque somos donos das nossas vidas e escolhas.
E temos direito de tentar.

A vida está aí pra ser vivida.
Acertada, errada.
E quando errada, aprendida.
Corrigida.

E eu aprendi que, se eu fiz, foi porque eu quis.
Se eu vivi, foi porque eu escolhi.
E se acabou, não é porque não deu certo.
É porque no caminho, em algum momento tudo se fez deserto.
Tomando um rumo que, de certo, tinha que ser.

E se acabou, ninguém mais do que eu: Aprendeu.
E, por fim, eu sempre vou dizer que valeu!

Deixe um comentário

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui