O FBI é uma das instituições americanas mais conhecidas e respeitadas em todo o mundo. Além de proceder com investigações, a agência também atua como um serviço de inteligência interno no país. O lema do FBI é: “Fidelity, Bravery, Integrity, ou “Fidelidade, Bravura, Integridade”, que corresponde às inicias “FBI”. O Departamento Federal de Investigação ou FBI, Federal Bureau of Investigation, em inglês-  é a agência governamental mais poderosa dos Estados Unidos. Criada em 26 de julho de 1908 pelo promotor público Charles Joseph Bonaparte, o FBI é considerado a maior agência policial do mundo, contando com trinta mil funcionários e atuando em sessenta países. Em uma época de terrorismo global, o FBI é mais complexo e poderoso do que nunca.

A Agência corresponde ao braço direito de investigação do Departamento de Justiça Norte-americano e sua missão específica está evoluindo constantemente. Atualmente, visa combater o terrorismo, corrupção, crime organizado, crimes através da internet e violações dos direitos civis, bem como investigar crimes graves como grandes roubos e homicídios. Eles também auxiliam outras agências policiais quando necessário. Crimes especificamente incluídos na jurisdição do FBI compreendem aqueles no qual o criminoso descumpre as leis estaduais, violam leis substanciais controladas pelo governo e outras violações de leis federais.

REQUISITOS

  • Ser considerado um cidadão norte-americano;
  • Possuir formação de nível superior;
  • Ter entre 23 e 39 anos;
  • Não possuir antecedentes criminais.

Porém, além dessas características, a agência realiza outro filtro durante a seleção. Caso o candidato tenha fumado maconha nos últimos três anos ou usado esteroides nos últimos dez anos, também não conseguirá passar para a próxima etapa. A verificação desse pré-requisito é realizada através de um teste de urina, que vai acusar a presença de substâncias que denunciam o comportamento do aspirante a agenda do FBI. Além disso, se o candidato tiver se envolvido com a produção, comercialização ou transporte de drogas também perde o direito de participar. E, finalmente, se a pessoa tiver consumido algum remédio controlado sem prescrição médica nos últimos 36 meses fica fora da seleção. Tudo isso corresponde à primeira parte da fase do programa.

Após passar por todo o processo eliminatório – que também envolve um questionário e a investigação do passado –, o candidato finalmente vai enfrentar os testes de treinamento do FBI. O primeiro passo são as provas acadêmicas. Avaliações de inglês, matemática, física e noções básicas de direito são apresentadas a todos os aspirantes, que devem obter uma nota mínima para avançar.

DIVISÕES DO FBI

Como a missão do FBI continua evoluindo e tem um alvo bem amplo, muitas divisões diferentes foram criadas para processar informações e administrar incidentes. Entre estes departamentos estão a Divisão de Serviços de Informações da Justiça Criminal (CJIS), a Divisão de Laboratórios (ou “Laboratório Criminal”), a Unidade de Análise Comportamental e uma Equipe de Resgate de Reféns.

A Divisão de Serviços de Informação da Justiça Criminal (CJIS) – em inglês – é a maior divisão do FBI. Isto faz sentido porque a coleta, análise e comparação dos dados da cena do crime são alguns dos trabalhos mais importantes do FBI. O CJIS abrange diversos programas, incluindo o Sistema Integrado de Identificação de Impressão Digital Automatizado (IAFIS) – em inglês. O IAFIS possui as impressões digitais de mais de 47 milhões de pessoas e é o maior banco de dados deste tipo no mundo. O CJIS também inclui o Centro Nacional de Informações Criminais (NCIC) – em inglês – que armazena informações detalhadas de crimes cometidos nos Estados Unidos, independente de qual organização tenha originalmente investigado o crime. Agências policiais, em nível local, estadual e nacional podem acessar ao mesmo tempo o IAFIS e a informações contidas no NCIC, o que auxilia na identificação de criminosos (que podem mudar de um lugar para outro) através de padrões comuns de ação e semelhanças entre os crimes.

 A ACADEMIA

Depois de passar pelos rigorosos testes de treinamento, os candidatos finalmente são encaminhados para a Academia do FBI. Esse local fica localizado na área dos Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, em Quântico, no estado de Virginia. Trata-se de um espaço com 1,6 quilômetros quadrado de área verde inaugurada em 1972. A Academia do FBI possui dezenas de quartos, local de treinamento forense, laboratório de pesquisa, brigada de incêndio, garagens, pistas de perseguição, ginásios e biblioteca. Porém, o destaque vai mesmo para a Hogan’s Alley, uma cidade fictícia criada especialmente para ajudar no treinamento dos novos recrutas.

Essa cidade, que possui seu próprio banco, shopping, hotel e restaurante, serve para simular situações de perigo em que os agentes precisam agir. Tudo isso para criar a atmosfera perfeita e mais próxima do real possível. Lá, os recrutas do FBI passam por treinamento de assalto, sequestro, roubo e até ataques terroristas. Durante 20 semanas, os novos agentes passam por esse treinamento intenso para integrar aquela que é considerada a maior força policial do mundo. Esse é um dos motivos pelos quais o FBI é respeitado em todo o mundo.

A VIDA DE UM AGENTE

Como integrante de uma das forças policiais mais importantes do mundo, a vida dos agentes do FBI não é nada fácil. Além de ter que enfrentar missões perigosas e arriscar a vida todos os dias, os profissionais da área precisam estar sempre disponíveis para qualquer situação. Porém, há um lado bom: o FBI paga bem, mas muito bem.

De acordo com informações cedidas pelos próprios empregados da agência, o salário anual de um Agente Especial é de US$ 127 mil. Isso significa um salário de mais de US$ 10 mil mensais ou R$ 34 mil em conversão direta para o nosso desvalorizado real. Há cargos que o salário é ainda maior, podendo chegar a US$ 150 mil anual – ou R$ 42 mil por mês.

Referências:
https://g1.globo.com
https://super.abril.com.br
http://www.sinpefrs.org.br

 

 

Compartilhar
Douglas Henrique Reginato
Graduado em Administraçao de Empresas (Uenp) . Pós graduado em Gestão Estratégica de Pessoas (Unopar - PR). MBA em Marketing Estratégico voltado a lucratividade (Unifil Londrina). Gosto de musica clássica e leio livros e revistas dos mais variados temas. Procuro ampliar minha visão de mundo e contribuir de alguma forma com a sociedade. Sou um eterno estudante.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Insira seu nome aqui