A maioria das pessoas não conhece a força que tem. Quando acontece algo surpreendente ou inexplicável — em outras palavras, uma espécie de milagre -, o senso comum atribui o fato a uma coincidência casual.

Isto demonstra que vivemos presos em padrões tradicionais de pensamento: nos empenhamos em acreditar que tudo é regido por fatores externos, em vez de criar um ambiente no qual todos os fatores externos são criados por nós mesmos, aceitando que podemos moldar o mundo em que vivemos.

A prova científica desta teoria foi obtida por Richard Davidson, neurobiólogo da Universidade de Wisconsin, nos EUA, e mundialmente renomado. O estudo foi feito com a participação de oito monges budistas cujos cérebros foram estudados durante a concentração de seus pensamentos em determinados sentimentos, como solidariedade, alegria e felicidade. Os resultados superaram todas as expectativas dos cientistas.

A atividade cerebral no lóbulo frontal esquerdo, responsável por produzir emoções positivas, superou em atividade o lóbulo frontal direito, este associado a emoções negativas. Algo nunca antes observado numa atividade mental comum. A área cerebral que entra em ação quando a pessoa vê sofrimento também era mais ativa nos monges, como se eles estivessem sempre disponíveis para ajudar quem eventualmente precise.

Com base nos resultados do estudo, os pesquisadores chegaram a uma conclusão importante: há uma chance de que a estrutura do cérebro, assim como a forma do corpo, pode ser alterada quando existe força de vontade. Assim como os exercícios físicos desenvolvem os músculos, os exercícios mentais estimulam a formação de massa cinzenta.

É nisso que se baseia a lei da atração humana. Para fazer com que ela trabalhe a nosso favor, precisamos entender melhor como nossa mente e corpo interagem entre si.

Para chegar a este objetivo, devemos fazer o seguinte, segundo o Dr. Davidson:

1. Estabeleça uma conexão específica

Criamos novas conexões no cérebro através da aquisição e assimilação de novos conhecimentos. Sempre que aprendemos algo e descobrimos determinadas coisas, criamos novas conexões neurológicas. A memória mantém a conexão. Quanto mais estudamos certa informação, maior é o volume que ela ocupa em nossa memória. Em seguida, a informação é guardada, assimilada e passada a um ’modo automático’.

A lei da atração funciona da mesma forma. Se todos os dias, durante 2 semanas, você focar em uma ideia concreta sobre como seria a melhor versão de você mesmo, ou sobre como você gostaria de se enxergar, estará mostrando para sua mente esse novo conhecimento, fixando a ideia em sua memória.

Ensaiando essa «versão ideal de você mesmo», o cérebro irá registrar os pensamentos, projetando na realidade a pessoa em que você quer se transformar no futuro.

2. Consolide a imagem mental

Está comprovado que todo pensamento novo é causado por uma reação química em nosso organismo. Assim, podemos concluir que, se não propomos uma nova ideia ou emoção, continuamos com a última que foi estabelecida.

Quanto mais tempo durar nosso apego a um certo pensamento, maior será a possibilidade de sua futura manifestação, seja um pensamento positivo ou negativo. Quando estamos presos às formas negativas, podemos quebrar o ciclo através da introdução de novos e positivos pensamentos, criando uma nova reação química no corpo.

3. Assegure-se de que seus sentimentos são controlados por seus pensamentos

Vivemos numa sociedade na qual nossas mentes são servas dos nossos sentimentos.

Para criar nossa própria realidade, devemos eliminar a ideia de querer uma vida programada de forma automática e sem pensar, reprogramando-a de forma que a mente guie o corpo e os sentimentos, ou seja, o destino.

Por exemplo, quando você se sente inseguro, começa a agir assim, com insegurança. E seu olhar também fica inseguro. A mente segue automaticamente esta condição, e a insegurança acaba virando seu estado de ânimo cotidiano.

É preciso que você rompa o ciclo, para que seus pensamentos dirijam seu corpo e sentimentos, não o contrário. Só assim podemos ser os reais construtores de nossas vidas.

Quando você mudar seus pensamentos, conseguirá mudar sua vida.

Tradução e adaptação Incrível.club
Autor: LJ Vanier, MaxFrost

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here