Há 50 anos atrás, um verdadeiro defensor de direitos humanos (bem diferente dos atuais) lutava por uma das causas mais importantes da época e que ainda está presente em nossa sociedade: o racismo e a injustiça racial. Abaixo um breve histórico da vida e trajetória de um dos nomes mais lembrados quando o assunto é abraçar uma causa e lutar pela mesma:

Martin Luther King (1929-1968) foi um ativista norte-americano, lutou contra a discriminação racial e tornou-se um dos mais importantes líderes dos movimentos pelos direitos civis dos negros nos Estados Unidos. Recebeu o Prêmio Nobel da Paz de 1964.

Martin Luther King nasceu em Atlanta, nos Estados Unidos, no dia 15 de janeiro de 1929. Filho e neto de pastores da Igreja Batistas resolveu seguir pelo mesmo caminho. Em 1951 formou-se em Teologia na Morehouse College. Quatro anos depois, concluiu doutorado em Filosofia pela Universidade de Boston.

Em 1954 Martin Luther King assumiu a função de pastor na cidade de Montgomery, no Estado do Alabama, local onde ocorriam os maiores conflitos raciais do país. Começou sua luta liderando um movimento contra a segregação nos ônibus, após a prisão de Rosa Parks, uma costureira que se recusou a ceder o assento para uma pessoa branca.

Nos Estados do sul a segregação racial tinha o respaldo da lei. Nos ônibus de Montgomery o motorista tinha que ser branco e os negros só podiam ocupar os últimos lugares. O movimento contra a segregação durou 382 dias e terminou após a Suprema Corte declarar inconstitucionais todas as leis de segregação. Foi o primeiro movimento vitorioso do gênero registrado no solo americano.

Luther King teve sua trajetória interrompida por um tiro enquanto descansava na sacada de um hotel em Memphis, onde apoiava um movimento grevista dos lixeiros. Em 1977, em homenagem póstuma, representado por sua esposa Coretta Scott King, recebeu a Medalha Presidencial da Liberdade. Em 2004 recebeu a Medalha de Ouro do Congresso Americano, pelos 50 anos da promulgação da histórica Lei dos Direitos Civis.

Martin Luther King faleceu em Memphis, Tennessee, Estados Unidos, no dia 4 de abril de 1968.

Finalizo com um pequeno trecho para reflexão proveniente do discurso de Martin Luther King em 1963 “I HAVE A DREAM” (Eu tenho um sonho):

Eu digo a você hoje, meus amigos, que embora nós enfrentemos as dificuldades de hoje e amanhã. Eu ainda tenho um sonho. É um sonho profundamente enraizado no sonho americano.

Eu tenho um sonho que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença – nós celebraremos estas verdades e elas serão claras para todos, que os homens são criados iguais.

Eu tenho um sonho que um dia todo vale será exaltado, e todas as colinas e montanhas virão abaixo, os lugares ásperos serão aplainados e os lugares tortuosos serão endireitados e a glória do Senhor será revelada e toda a carne estará junta.

Referências:
https://www.ebiografia.com/martin_luther_king/
https://www.pensador.com/eu_tenho_um_sonho_martin_luther_king/

 

 

 

 

Compartilhar
Douglas Henrique Reginato
Graduado em Administraçao de Empresas (Uenp) . Pós graduado em Gestão Estratégica de Pessoas (Unopar - PR). MBA em Marketing Estratégico voltado a lucratividade (Unifil Londrina). Gosto de musica clássica e leio livros e revistas dos mais variados temas. Procuro ampliar minha visão de mundo e contribuir de alguma forma com a sociedade. Sou um eterno estudante.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Insira seu nome aqui