“Maturidade emocional é perceber que não tenho necessidade de culpar ou julgar ninguém pelo que acontece comigo”

 

Os projetos mais ambiciosos são muitas vezes uma tarefa árdua, exigem uma grande quantidade de sacrifício e perseverança. Por isto, é compreensível se perder na metade do caminho. No entanto, quando você fica sem motivação, fica também tentado a desistir.

Em um momento assim, só olhamos para a frente e percebemos o caminho que falta e não o caminho trilhado. A maioria das vezes precisamos olhar para trás para compreender a verdadeira magnitude do que já conseguimos.

Na verdade, muitas vezes abandonamos nossos sonhos só por não estar plenamente conscientes das coisas que conquistamos, dos pequenos passos que foram dados. Quando nos concentramos apenas nas falhas, perdemos a motivação e corremos o risco de abandono pouco antes da chegada.

Em parte, isso é porque a nossa sociedade nos ensinou a nos punir por erros, mas não a recompensar cada realização. No campo do crescimento pessoal esta realidade é ainda mais evidente. Propomos mudanças importantes, mas quando ocorre um pequeno retrocesso, ficamos desmotivados e, sem perceber, abandonamos o que tínhamos realizado.

Então, de vez em quando é necessário fazer um balanço do que já conseguimos. Você pode estar crescendo emocionalmente sem ter percebido.

Quais são os sinais de que você está crescendo emocionalmente?

1. “Deixar ir” as coisas que te machucam

Aprenda a deixar ir, se concentrar nas coisas que realmente valem a pena e ignorar aquelas que prejudicam ou perturbam é uma habilidade fundamental para ter sucesso e, acima de tudo, para alcançar o equilíbrio emocional.

No entanto, é também uma habilidade muito difícil de desenvolver. Então simplesmente aprender a reconhecer as pessoas tóxicas e saber como lidar com o seu comportamento, sem gerar culpa ou raiva, é um grande passo.

2. Aprender com os erros

Ninguém é perfeito, ninguém pode dizer que nunca errou. Então se livrar do perfeccionismo e aceitar que os erros são parte do caminho e são valiosos, é um sinal claro de que você amadureceu.

Quando entendemos os erros como oportunidades para crescer, muda completamente a nossa perspectiva e podemos realizar projetos mais ambiciosos, sem medo de ficar no meio do caminho.

3. Pare de reclamar

As queixas são geralmente um buraco negro através do qual a energia escapa e além disso, não levam a soluções, mas apenas geram um desconforto ainda maior que nos vêem o mundo cinza.

No entanto, as pessoas mais equilibradas e bem sucedidas têm o hábito de não chorar, pelo contrário, imediatamente tentam virar o problema. Se você está agindo mais e reclamando menos, é porque você está crescendo emocionalmente.

4. Comemorar o sucesso dos outros

Reconhecer o sucesso dos outros é um sinal de maturidade e indica que você não sente inveja e entende que o sucesso dos outros não significa que você falhou.

Ser capaz de reconhecer o trabalho e esforço dos outros, em vez de julgar, não só ajuda a criar uma boa atmosfera, mas envolve uma mudança de atitude que irá beneficiá-lo.

5. Relacionamentos pessoais menos conflituosos

O mundo não é conflituoso, há apenas demasiados egos que entram em conflitos e poderiam ser evitados. Parte da maturidade significa parar de ver as relações como um campo de batalha em que há vencedores e perdedores.

Quando seus relacionamentos são mais fluídos, você começa a trabalhar melhor e se sentir mais confortável, é porque você cresceu e aprendeu que é melhor ter paz do que estar certo.

6. Não ter medo de pedir ajuda

Pedir ajuda não significa ser fraco. Na verdade, é um sinal de força e auto-confiança. Ninguém tem sido capaz de crescer e ter sucesso isoladamente, você precisa dos outros.

Pedir ajuda significa que você reconhece que você não pode fazer algumas coisas sozinho e está sendo humilde o suficiente para reconhecer seus pontos fracos e depender com os outros.

7. Elevar seus limites

A medida que amadurecemos, estamos mais conscientes do que queremos e o que não estamos dispostos a permitir. Uma pessoa madura está confiante e impõe limites. Claro, não é ser caprichoso, mas limites permitem que você proteja seus direitos como pessoa e mantenha o seu equilíbrio psicológico.

8. Aprender a se abrir emocionalmente

O amor é arriscado. Amar significa dar e, portanto, estar expostos a que alguém nos machuque. Assim, muitas pessoas têm medo e ficam fechados quando alguém se aproxima.

No entanto, quando você é maduro emocionalmente percebe que o melhor a fazer é abrir o coração. É verdade que pode ser rejeitado, mas terá vivido experiências preciosas.

9. Não se importar que os outros pensam

É óbvio que a opinião das pessoas que estão ao seu redor é importante, mas, em algum momento da vida, estas devem se tornar apenas sugestões, e não diretrizes que determinam sua vida.

Maturidade vem quando você é capaz de conviver com os outros, sem ficar muito influenciado pelas expectativas que eles têm sobre você.

10. Aceitar suas limitações e trabalhar para melhorá-las

Maturidade emocional não significa o desenvolvimento de um positivismo ilusório. A pessoa madura está consciente de suas limitações, sabe que há muitas coisas que não pode mudar ou que estão fora do alcance.

Mas isso não lhe deprime. Pelo contrário, permite que se concentre em situações sobre as quais pode realmente atuar. Assim, ele é capaz de poupar forças para usá-las onde pode realmente obter frutos.

Fonte: academiadosnerds.com.br

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here