A palavra psicossomática é de origem grega. É uma junção de duas palavras gregas: psique (psico – alma) e soma (corpo). E, deste modo, uma doença psicossomática é aquela que não é exclusivamente somática, corporal, mas tem origem na psique, na alma. Evidente que é difícil dizer com clareza o que é a psique. Porém, a ideia é simples: a psique inclui tudo o que não conseguimos localizar no corpo de uma maneira específica: nossas emoções, sentimentos, pensamentos. Mesmo com as descobertas da neurociência, ainda há muitas questões a serem esclarecidas quanto à localização no cérebro.

Por exemplo, você acordar certa manhã e começa a sentir dores de cabeça e dores no corpo. Você vai até um médico e ele constata que o que você está sentindo foi causado por um vírus, o vírus da dengue. Neste caso, os sintomas são explicados por um agente físico, um vírus.

Agora, se em outro momento da sua vida você vai até o médico e reclama de dores de cabeça e, depois de muitos exames e testes, ele chega à conclusão de que não há nada errado no seu corpo, ele pode então dizer que a dor de cabeça é uma doença psicossomática. Como disse, talvez não seja esta a palavra utilizada, talvez o doutor use o estresse, a ansiedade ou as emoções como causas.

Mas as palavras utilizadas são indiferentes. O que se deve distinguir é entre uma causa que é física e uma causa que não é física. Ou melhor, até o momento ainda é complicado de localizar no sistema nervoso, por isso, usamos o termo que ficou consagrado na história (psique ou alma).

Normalmente as doenças psicossomáticas não possuem cura, podendo permanecer a vida toda. Porém, há tratamento com terapias. De fato, se a doença é uma doença da alma, da psique, o tratamento a ser buscado não é com o médico, pois o médico não encontrará nada a ser tratado no corpo. O caminho é procurar fazer uma terapia da psique: psicoterapia com um profissional da psicologia.

Na psicoterapia, portanto, será possível descobrir melhor e mais a fundo as causas do sintoma e, mais importante, encontrar formas de solucionar o sintoma, o sinto-mal.

Observação: em muitos casos é recomendável realmente fazer um check-up para ver se não se trata de um problema orgânico.

A melhor opção continua sendo a prevenção, que é estar bem psicologicamente, ter hábitos saudáveis, relaxar, curtir a vida. São práticas que diminuem o risco do acontecimento.

doencas_psicossomaticas

Confira algumas dores e possíveis causas emocionais para elas:

A dor muscular representa uma dificuldade de se mover em nossas vidas. Você está sendo flexível com as experiências no trabalho, em casa ou dentro de você mesmo? Vá com a maré…

A dor na cabeça (dores de cabeça) limita sua tomada de decisão. A enxaqueca ocorre quando sabemos que temos que tomar uma decisão mas não o fazemos. Certifique-se de ter tempo cada dia para relaxar. Faça algo para aliviar a tensão.

Dor no pescoço indica que você pode estar tendo problemas em perdoar os outros, ou de perdoar você mesmo. Se você estiver sentindo dor no pescoço, considere as coisas que você ama sobre si mesmo e nos outros. Trabalhe conscientemente o ato de perdoar verdadeiramente.

Dor na gengiva está relacionada com decisões que você não toma ou está evitando tomar. Seja claro em seus objetivos e vá atrás deles!

Dor no ombro pode indicar que você está carregando um fardo emocional grande. Concentre-se em resolver os problemas de forma proativa ou encontre pessoas que possam te ajudar a lidar com esses problemas.

O dor estomacal ocorre quando você não digere, figurativamente, algo negativo. Aquela sensação de não ser respeitado, provoca uma sensação no estômago, um vazio, uma tristeza.

Dor na parte superior das costas indica que lhe falta apoio emocional. Você pode não estar se sentindo amado. Se você está solteiro, talvez seja hora de encontrar alguém.

A dor na região lombar pode significar que você está se preocupando muito com dinheiro ou você está carente de apoio emocional. Pode ser um bom momento para pedir um aumento ou considerar pedir apoio a um planejador financeiro, para ajudá-lo a utilizar o dinheiro um pouco melhor.

Dor no osso sacro significa que você pode estar sentado sobre uma questão que precisa ser tratada. Reflita profundamente sobre essa questão e você irá encontrar a solução.

Dor no cotovelo tem muito a ver com a resistência à mudança em sua vida. Se seus braços estão rígidos, pode significar que você está sendo teimoso. Talvez seja hora de ousar mudar as coisas ou, pelo menos, deixá-las!

Dor nos braços significa que você está carregando algo ou alguém como um fardo emocional. Pode ser hora de se perguntar por que você continua levando-o?

Dor nas mãos As mãos simbolizam a conexão para com os outros, ou seja, não conseguir se conectar. Se você sentir dor na mão, isso pode significar que você não “se estica” o suficiente para os outros (não faz esforço para se aproximar das pessoas). Tente fazer novos amigos, ou rever seus antigos contatos!

Dor nos quadris significa que você já esteve com medo de se movimentar. Quadris doloridos podem ser um sinal de que você é muito resistente a mudanças e movimentos. Ele também podem mostrar uma cautela para a tomada de decisões. Se você está pensando em algumas grandes idéias, é hora de tomar uma decisão. Dor geral no quadris refere-se a apoiar aos outros ou se sentir apoiado. Quando a dor irradia para fora, geralmente refere-se a um desequilíbrio na forma como você está se relacionando com vida. Sentindo a falta de amor e de apoio.

Dor nas articulações em geral Tal como os músculos, dor nas articulações significam falta de flexibilidade. Esteja aberto a novas maneiras de pensar, lições e experiências de vida.

A dor no joelho O joelho, simboliza o nosso relacionamento com outro sujeito, equilibrado ou agressivo. O problema no joelho indica uma dificuldade de “se dobrar”, para aceitar as coisas como elas são. O interior do joelho refere-se à comunidade, trabalho, amigos; a parte externa do joelho é ligada a problemas pessoais. Lembre-se: você é um ser humano, um mero mortal. Não permita que seu ego domine a sua vida. O trabalho voluntário pode ser benéfico.

A dor dental representa o fato de que você não gosta de sua situação. Ficar com sentindo esse desgosto constantemente afeta suas emoções na vida cotidiana. Lembre-se que as situações acontecem mais rápido quando você se concentra nos aspectos positivos.

Dor no tornozelo mostra que você não está se permitindo ter prazer. Talvez seja hora de se tornar mais indulgente para consigo mesmo. Tente apimentar sua vida amorosa.

A dor do pé ocorre quando você está deprimido. Demasiada negatividade pode ocorrer sob seus pés. Aproveite os pequenos prazeres da vida. Adote um animal de estimação ou encontre um novo hobby, uma nova paixão. Busque momentos de alegria.

Uma dor inexplicável em várias partes do corpo: A estrutura celular do corpo é constantemente renovada e durante este processo, as energias negativas são eliminadas. Nesse estágio, o sistema imunológico e todos os sistemas do corpo ficam enfraquecidos. Assim, embora o corpo possa parecer estar em um estado de doença, ele na verdade está em um estado de limpeza. Saiba que vai passar!

Compartilhar
Psicólogo. Idealizador do Pensamento Líquido. Apaixonado por filmes de terror, seriados, animes, mangás e livros de aventura. Não dispensa uma boa comida e bebida na companhia de amigos, especialmente se for pra curtir um bom e velho rock n roll.

1 Comentário

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Insira seu nome aqui