Violência cotidiana, estresse no trabalho, conflitos conjugais, dificuldades de relacionamento e rotina cada vez mais acelerada. Estes são apenas alguns dos fatores que enfrentamos diariamente e colocam à prova nossa saúde física e psicológica.

Se por uma lado nos condicionamos a buscar ajuda quando as dores físicas aparecem, por outro ainda demonstramos forte resistência em buscar ajuda para lidar com as questões psicológicas.

Essa falta de atenção as questões psicológicas e emocionais podem levar a diferentes situações de sofrimento, desde a psicopatologia (síndrome do pânico, depressão, etc), passando pelo não aproveitamento pleno das oportunidades e experiências (incapacidade de liderar uma equipe ou manter um relacionamento, por exemplo), até questões existenciais como ausência de sentido da vida.

Seja para aproveitar melhor a vida ou para lidar com um sofrimento específico, aí vai a pergunta: você já pensou em fazer psicoterapia?

“Mas eu não sou maluco!”. Quantas vezes não ouvimos esta frase em nosso cotidiano? A causa desta situação é uma só: falta de informação!

A psicoterapia é um método de tratamento que se fundamenta na psicologia e na psicopatologia, sua base é o diálogo. É um recurso valiosíssimo para lidar com as dificuldades da vida. Permite a compreensão dos padrões de relacionamento interpessoal e fornece um espaço de crescimento e amadurecimento.

A psicoterapia é essencialmente um espaço de transformação e mudança, mudança de pensamento, sentimentos e comportamentos.

Se ela é fundamental para quem sofre de alguma psicopatologia, também é valiosíssima pra quem deseja crescimento pessoal!

Quando procurar a terapia? São inúmeros os exemplos que podem ilustrar quando a psicoterapia se torna uma escolha importante.

O casal que vive junto, mas não é mais um casal. Pensam em se separar, em alguns casos possuem relacionamentos extraconjugais, mas não tomam a atitude. Se machucam, ambos se sentem infelizes, mas não conseguem encarar a mudança. Não encontram forças nem para investir na relação, nem para se desvincular dela.

Em outro exemplo, podemos citar o funcionário que se sobrecarrega mais e mais de tarefas na empresa. Diante de toda a pressão colocada em cima de seu desempenho, ele, em um determinado dia, de forma abrupta, relata sensações de falta de ar, náuseas, medo de enlouquecer ou de morrer. Estamos diante de uma ataque de pânico.

Esses dois pequenos exemplos ilustram, dentre milhares de outros possíveis, situações em que a psicoterapia é uma alternativa importante.

E psicoterapia funciona? Elencarei 5 razões para esclarecer porque a psicoterapia funciona. Vamos a elas?

#1 Dividindo o problema

Ao compartilhar a situação problemática o indivíduo divide em 2 o problema, além de aliviar a carga emocional e o sofrimento.

#2 A relação e o poder curativo

A relação de ajuda tem poder curativo. Superar as dores através de uma relação de compreensão e respeito mútuo é mais fácil do que enfrentá-las sozinho.

#3 O olhar do psicoterapeuta

O psicoterapeuta é uma pessoa dotada de um olhar diferenciado, através de perguntas adequadas, ele é capaz de fazer com que você perceba a situação de uma forma não vista anteriormente e que jamais poderia passar pela sua cabeça. O psicoterapeuta faz um convite a reflexão.

#4 Teoria e Técnica

O psicoterapeuta conhece teorias e técnicas psicológicas que permitem reconhecer o que está ocorrendo de errado com você. Através desses conhecimentos ele é capaz de orientá-lo na construção de um caminho saudável.

#5 Métodos de Investigação

O psicoterapeuta possui métodos de investigação que permitem identificar aspectos de sua personalidade que não são identificáveis pelas pessoas comuns. Há uma vasto campo de técnicas que permitem esclarecer situações de sofrimento de modo eficaz.

Ainda está em dúvida? Então marque uma consulta com um psicólogo e veja os benefícios da psicoterapia na prática.

Autor: Marcelo da Silva Santos

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here