quimica atração sexual

Gosta dos meus cabelos finos e lisos.
Da minha pele macia e branca.

Gosto do seu olhar sacana quando me deito em sua cama.

Gosta das minhas tatuagens destacadas em minha pele clara.
Gosto do seu sorriso de canto de rosto quando digo que você é o cara.

Gosta do meu cabelo solto.
Mas quando estou de coque e escapam alguns fios, te causo até arrepio.

E então vem você se aproximando da minha nuca.
Afastando os cabelos e me deixando muda.

Não tem como não se arrepiar.
Nesse instante nossos corpos começam a se excitar.

É impossível disfarçar.
É o desejo tirando nossa mente do lugar.

Deslizo os dedos em suas costas, te sentindo aos poucos.
Enquanto escorrega a barba de leve por todo o meu corpo.

Nosso beijo se encaixa.
Nossa pele entrelaça.
E em um piscar de olhos o mundo a nossa volta se despedaça.

Em instantes, somos apenas um.
Eu e você.
E o nosso corpo nu.

Uma química certeira.
Sintonia perfeita.

Se entregando sem pensar.
Sem pudor de se amar.

O amanhã não está em nossas mãos.
O agora, somos eu e você, sem sermão.

Nada sério.
Tudo incerto.
Uma troca.

A gente se toca.
O resto não importa.

Seu olhar em cada pausa.
Seu sorriso.

Seu suspiro em meu ouvido.
Meu gemido.

Essas três noites e dias seguidos.
Foi bom ter vivido!

Compartilhar
Renata Galbine
Paulistana, 30 anos, virginiana e, sim, acredito em Signos e tenho muito do meu em mim. Desde muito nova, gosto e tenho facilidade em escrever. Escrevo sobre tudo aquilo que me inspira. A Renata, é uma mistura de letras e músicas. Amo dançar. Intensa. Sentimental. Quase que uma Bomba Relógio. Praticamente, um campo minado que é necessário tomar cuidado a cada passo que der.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Insira seu nome aqui