prismas

Prismas são sólidos geométricos que possuem duas bases poligonais e um número limitado de faces laterais. Observar um prisma requer um esforço enorme, pois tem muitas faces e pode ser percebido diferentemente conforme o ângulo da visão. Um sistema pode ser definido como um conjunto de elementos concretos ou abstratos, instituições, regras e normas a que os indivíduos de uma sociedade, grupo ou classe se subordinam.

Desde que nascemos estamos inseridos em uma série de sistemas e convivemos diariamente com eles muitas vezes só seguindo regras e sem refletir o sentido e a importância de questionamento acerca dos mesmos. Na sociedade atual onde a velocidade de informações e mudanças é incontrolável torna-se um sinal de insanidade o conformismo com a imposição dos sistemas. Abaixo a reflexão crítica sobre os principais sistemas atuais:

Sistema Educacional:

A educação sem dúvida é o elemento de força para elevação moral, econômica e estabilidade de qualquer sociedade. Esse termo deve ser entendido no mais amplo sentido englobando a educação familiar, religiosa e em grande parte das escolas e Universidades. A estrutura educacional principalmente dos países subdesenvolvidos como o Brasil é travada e não acompanha a evolução de mundo. Isso é perceptível principalmente no currículo escolar, formação de professores, ambiente de ensino, material didático e atraso em relação às tecnologias de informação e comunicação. As poucas pessoas e instituições que fazem diferente muitas vezes são hostilizadas e combatidas por aqueles que amam o retrocesso. Necessitamos urgentemente de novos formatos educacionais, modernos e flexíveis.

novos prismas

Sistema Político

O grande “vespeiro” de qualquer sociedade se concentra na política. Aqui se concentra a mistura perigosa de Status, poder, influências e corrupção. Embora a maior parte das pessoas seja tenha aversão à política, não podemos negar que o tema é muito importante e afeta direta ou indiretamente cada um de nós. O mundo político é cheio de verdades e mentiras que muitas vezes provocam uma baderna sem fim na mente e entendimento dos eleitores. Nunca se sabe ao certo o que é real ou ficção nesse universo de jogos de poder e ambições.

O sistema impõe a permanência de políticos e familiares que atravessam décadas governo cidades, estados e ate mesmo o País através de seus representantes no Congresso e Presidência. A renovação constante e pluralizada simboliza a quebra do sistema. A cada eleição é necessário avaliar e reavaliar o trabalho e ideias dos políticos atuais e dos novos que desejam ingressar nas vagas de representação eletiva.

Os “caciques” de partidos são uma espécie de controladores das verbas, nomes, preferências, fusões e decisões de grande relevância dentro das siglas partidárias, isso faz com que haja um “engessamento” e inicio de negociações perigosas e troca de favores que abrem margem a corrupção sistêmica e descaso com as necessidades da população.

A perpetuação no poder independente de partido, ideologia ou sigla é um risco para qualquer nação, pois favorece o uso da máquina pública para fins pessoais e cria espécies de “democracias disfarçadas” onde a vontade do povo é o último item da lista dos poderosos. Nos últimos anos percebem-se em diversas nações do mundo os diversos escândalos com dinheiro público, formação de grupos mal intencionados que esgotam a nação através de ideologias, força e uma espécie de sede maligna pelo poder a qualquer custo.

O campo político pode ter influências na economia, leis, educação, estilos de vida, religiões, mundo empresarial e outra dezenas de fatores. Assim, é necessário acompanhar constantemente e ter percepção aguçada e crítica acerca do que ocorre nos bastidores. “O perigo está nos pequenos detalhes que passam despercebidos”.

novos prismas

Sistema Midiático:

A mídia principalmente no que diz respeito a grandes emissoras de TV, Revistas e grandes jornais impressos ainda possuem um enorme grau de influência sobre os diversos aspectos da vida e sociedade, desde culinária, vestuário e moda até questões de valores sociais, costumes, estilos de vida e política.  Em países subdesenvolvidos e consequentemente atrasados quanto a educação, tecnologias e senso crítico para a interpretação das coisas, a mídia consegue informar e desinformar, agradar e desagradar, elevar status e derrubar a imagem de pessoas, políticos, líderes e instituições de qualquer área ou espécie.

Esse universo é responsável por grandes feitos em prol da população e ao mesmo tempo por uma série de comportamentos e divulgações distorcidas ou duvidosas acerca de diversos fatores e acontecimentos do cotidiano. A mídia traz consigo uma série de personagens e comunicadores que têm um grande poder de influência e até mesmo autoridade diante da massa. Exemplos são: jornalistas, apresentadores, donos de grupos de comunicação, colunistas renomados, cantores, escritores e outros “famosos”.

Dentro desses grupos citados há pessoas e canais de comunicação muito sérios, imparciais e de alto nível de qualidade, por outro lado há também os que pendem para onde o lado for mais lucrativo, seja através de dinheiro, favoritismos ou futuros apoios e benefícios.

REFLEXÕES: Como ter uma Visão de Prisma diante dos Sistemas?

– Redes sociais: muitas vezes servem como esgoto no quesito informacional. É o celeiro das “Fake News”. Duvide dos absurdos e verifique antes de postar ou compartilhar para o mundo verdades, meias-verdades ou mentiras.

– Corrupção: Seja uma caneta roubada, tapeações, conchavos ou uma mala de dinheiro, por favor, não seja omisso e conivente. Denuncie!

– Leitura: busque diversas fontes de informação e forme uma opinião mais concreta e lúcida, caso contrário seja manipulado como uma marionete por qualquer um.

– Políticos: eles não são deuses e não precisam ser venerados ou idolatrados. Não se conforme com as palhaçadas e loucuras que fizerem. A urna eletrônica é um meio legal para tirar maníacos e corruptos do poder, a Justiça e os Tribunais também.

– Pense na coletividade e não somente no seu próprio umbigo!

– Se uma informação ou assunto é de importância não se limite em ampliá-lo ou gerar provocações sadias acerca do mesmo.

– Termos como Fascismo, Nazismo, Autoritarismo, Ditadura, Liberdade de expressão, Feminismo, Patriotismo e outros estão sendo constantemente usados em redes sociais e falas aleatórias sem ao mesmo saberem o que isso significa ou onde se encaixa.

– Não “vomite” frases, informações ou ideias mirabolantes sem conhecimento mínimo do assunto.

– Livre-se das garras da Mediocridade. Para de se ajoelhar perante idiotas!

– Se você é da Área de Humanas busque conhecimentos em outras áreas, se você tem formação ou atuação em exatas ou ciências sociais aplicadas busque também conhecimentos em humanas e áreas mistas. Não seja uma “Cabeça formatada” com visão limitada e retardada de mundo.

– Qualquer assunto ou informação pode ser visto de diversos ângulos e isso gera debates. Falar é importante, mas ouvir em alguns momentos seja melhor ainda.

– Questione ou suspeite até sua própria sombra se necessário

– Critique, avalie, seja inconformado com as mentiras, hipocrisias e injustiças.

– Seja a favor da evolução e não do retrocesso, isso em qualquer área da vida.

– Não seja um papagaio repetidor de opiniões, tente formar a sua própria opinião aliada a sua visão de mundo.

*Exemplos de Nomes contra os Sistemas: Martinho Lutero, Voltaire, Nicolau Maquiavel, Albert Einstein, Charlie Chaplin, Martin Luther King Jr, Mahatma Gandhi, John Nash, Nelson Mandela, Henry Ford, Walt Disney, Albert Einstein, Sigmund Freud, Bill Gates, Steve Jobs, Mark Zuckerberg, Dan Brown, Zygmunt Bauman, eu e você também que está lendo isso.

Referências:
https://www.significados.com.br
http://www.administradores.com.br

Compartilhar
Douglas Henrique Reginato
Graduado em Administraçao de Empresas (Uenp) . Pós graduado em Gestão Estratégica de Pessoas (Unopar - PR). MBA em Marketing Estratégico voltado a lucratividade (Unifil Londrina). Gosto de musica clássica e leio livros e revistas dos mais variados temas. Procuro ampliar minha visão de mundo e contribuir de alguma forma com a sociedade. Sou um eterno estudante.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Insira seu nome aqui