Mais um ano se inicia e nada melhor do que ler, refletir, criticar e crescer intelectualmente. Acredito que esse ano será um pouco que o anterior, e nós todos temos esse grande compromisso de sermos melhores como humanos, profissionais, família, amigos e cidadãos.

O tema de hoje se refere à estrutura e dinamismo utilizado em livros, filmes e narrativas que visam prender a atenção do telespectador e completar um ciclo racional chamado de “A jornada do herói”. Exemplifica também claramente os roteiros utilizados ao longo do tempo no polo do cinema mundial: Hollywood. O personagem ou personagens envolvidos nas histórias enfrentam problemas, dificuldades, contratempos, superação e transmitem uma mensagem explícita ou implícita que justifica a história e seu enredo.

No mundo empresarial essa prática também foi adotada, como ilustra a frase do “Pai da Administração moderna”:

“A melhor abordagem para difundir a missão de uma empresa é contar histórias.” – Philip Kotler

A jornada do herói, em termo erudito, “Monomito”, é uma concepção cíclica presente em narrativas mitológicas. Quem difundiu o conceito foi o antropólogo Joseph Campbell, exímio pesquisador da escrita, que possibilitou o entendimento da narratologia, a ciência da narrativa.

A Jornada do Herói é uma estrutura para contar histórias que nasceu com Joseph Campbell, na obra O Herói de Mil Faces. Depois foi adaptada por Christopher Vogler, na obra A Jornada do Escritor, para chegar nas 12 etapas hoje conhecidas como a Jornada do Herói.

Anteriormente usada em romances e obras de aventura, a jornada do herói também se tornou essencial na hora de contar a história de uma marca.

Quando posta em prática, esse modelo de narrativa faz o leitor se conectar mais facilmente à história, percebendo uma sintonia entre sua pessoa e o personagem central da trama.

A seguir os 12 passos que compõem a sistemática da jornada:

  1. MUNDO COMUM

Essa etapa representa a situação ou problema atual e que precisa ser trabalhado/resolvido.  Cria-se assim a empatia do personagem com o mundo externo (leitores/telespectadores).

  1. CHAMADO PARA A AVENTURA

O herói é então desafiado a sair da zona de conforto, da rotina do mundo comum. É nítida a vontade de tomar uma atitude de solução eficaz e prosseguimento para eliminar a dificuldade.

  1. RECUSA DO CHAMADO

A primeira reação do personagem é de medo, recusa e receio em prosseguir com o projeto. Nessa etapa há a necessidade de provar que o melhor caminho a seguir é o apresentado com suas devidas justificativas.

  1. ENCONTRO COM O MENTOR

Aqui o herói encontra algum parceiro, mestre ou orientador que o impulsiona a seguir a aventura. Aqui são apresentados argumentos e ideias racionais para embarcar com fé e motivação na missão proposta.

  1. ACEITO DO CHAMADO

O herói aceita o chamado e ultrapassa do mundo comum para o mundo mágico, desconhecido ou incerto.

  1. PROBLEMAS E INIMIGOS

O personagem passa por testes, enfrenta problemas e incógnitas surgem. Nesta fase ele também encontra aliados e enfrenta inimigos e acaba aprendendo as regras do novo mundo.

  1. APROXIMAÇÃO DO OBJETIVO FINAL

Ocorre a preparação para uma grande mudança, o herói é testado com força máxima e assim ocorre a transformação que todos esperavam desde o início.

  1. PROVAÇÃO MÁXIMA

A parte dolorida do enredo: o herói sofre e é testado de diversas formas.

  1. CONQUISTA DA RECOMPENSA

Após a provação amarga, o herói desfruta de alguns benefícios e das consequências positivas geradas pelo processo.

  1. CAMINHO DE VOLTA

A estrada de volta é uma jornada longa, e por isso o herói se depara com a dúvida repentina sobre sua mudança.

  1. A DEPURAÇÃO

A depuração é o renascimento e transformações gerados pelo processo. A reflexão aparece e o herói compara o antes e o depois de sua jornada.

  1. O RETORNO TRANSFORMADO

O personagem retorna à sua terra / lar com a lição e experiência visando ajudar as pessoas a seu alcance, contribuindo assim de forma benéfica com o seu mundo interior e exterior.

Referências

Compartilhar
Douglas Henrique Reginato
Graduado em Administraçao de Empresas (Uenp) . Pós graduado em Gestão Estratégica de Pessoas (Unopar - PR). MBA em Marketing Estratégico voltado a lucratividade (Unifil Londrina). Gosto de musica clássica e leio livros e revistas dos mais variados temas. Procuro ampliar minha visão de mundo e contribuir de alguma forma com a sociedade. Sou um eterno estudante.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Insira seu nome aqui